Menu

Embaixada da Suécia no Brasil e ONU Mulheres inauguram, em 3/7, exposição “Pais Presentes: A paternidade ativa na Suécia e no Brasil”, no metrô de Brasília

28 jun 2018

Exposição, realizada no escopo da iniciativa ElesPorElas HeForShe, foi construída para incentivar a criação de políticas de incentivo e de uma nova cultura de compartilhamento igualitário das tarefas de cuidado entre o pai e a mãe.

Como parte dos Diálogos Nórdicos, a Embaixada da Suécia e a ONU Mulheres inauguram nesta terça-feira (03/07), a exposição “Pais presentes: a paternidade ativa na Suécia e no Brasil” na Estação Galeria do Metrô de Brasília. A exposição, realizada no escopo da iniciativa ElesPorElas HeForShe, foi construída para incentivar a criação de políticas de incentivo e de uma nova cultura de compartilhamento igualitário das tarefas de cuidado entre o pai e a mãe.

Com início às 9h da manhã, no Mezanino da Estação Galeria dos Estados, a cerimônia de abertura da mostra contará com representantes do Governo do Distrito Federal, do Metrô, da ONU Mulheres e da Embaixada da Suécia. Evento terá ainda uma apresentação especial da poeta Tatiana Nascimento, fundadora do Coletivo Padê Editorial e criadora do Slam das Minas – primeira batalha de poesia falada exclusiva pra mulheres e lésbicas no Brasil, e a presença de Elias Araújo Barbosa, um dos pais brasileiros retratados na exposição. O enfermeiro de 35 anos, que é morador do Distrito Federal, é pai de duas crianças, Chole e Minato. Para ele, ser pai é doar todo o seu tempo e atenção à criança e saber que esse é o maior investimento que pode existir. “Fiz inúmeros sacrifícios financeiros e profissionais para estar diretamente ligado aos cuidados e educação dos meus filhos”, revela.

Sobre a mostra – Inspirada na exposição “Pais suecos”, a Embaixada da Suécia no Brasil e a ONU Mulheres, no escopo do movimento ElesPorElas HeForShe, lançaram, em 2017, o concurso de fotos #PaisBrasileiros, com o objetivo de levantar a questão de paternidade no Brasil. O concurso convidou pais brasileiros a compartilharem suas historias de como é ser pai no Brasil. Os pais também foram solicitados a enviar uma foto ilustrando uma situação cotidiana da paternidade, por isso, todas as fotos utilizadas na exposição são tiradas pelas próprias famílias.

Das fotos submetidas, 12 foram selecionadas para fazer parte da exposição “Pais brasileiros”, que hoje está sendo exibida em complento à exposição “Pais suecos”, dando assim uma visão da parternidade brasileira e incentivando a troca de experiências entre a Suécia e o Brasil sobre licença parental compartilhada e o papel do pai.

“Pais presentes: a paternidade ativa na Suécia e no Brasil”
Data: 03/07 a 1º/08Local: Estação Galeria dos Estados
Horário: de segunda a sábado, das 6h às 23h30; aos domingos, das 7h às 19h
Local: Estação Galeria dos Estados – Brasília/DF