Menu
  • Português

Viajar para Suécia

Como solicitar permissão para trabalho

A maneira mais ágil de solicitar uma permissão de residência para trabalho é fazendo uma aplicação online.

As aplicações online são registradas diretamente pela Agência de Migração. Se você não pode ou não quer registrar o pedido de residência online, será preciso encaminhar a documentação necessária pelos Correios, ou entregar na Embaixada ou em um Consulado da Suécia mais próximo de sua residência. Solicitação Online (para a aplicação pelo correio, veja abaixo):

Importante observar que o pedido de permissao de trabalho é iniciado pelo futuro empregador.

Passo a passo

1. Oferta de emprego
Para solicitar uma permissão de trabalho, você deverá ter recebido uma oferta de vaga formal de emprego de um empregador sueco. A vaga de emprego tem que ter sido ofertada na Suécia, na UE/EEA e na Suíça por pelo menos dez dias antes da oferta de emprego ter sido feita a você. O empregador inicia o seu processo de pedido de permissão de trabalho.

2. O empregador inicia o processo
Ao completar a oferta de emprega e essa ter sido oferecida a você, seu empregador inicia o processo e para isso ele/a necessitará de seu nome completo, data de nascimento, cidadania, nível de escolaridade e e-mail.  Esse e-mail fornecido será o canal de comunicação da Agência de Migração com você durante todo o processo.

3. Você receberá um e-mail
Quando o seu empregador completar a oferta de emprego você receberá um e-mail com informações sobre como fazer a aplicação do pedido de trabalho.

Na aplicação você deverá dar informações sobre si. Se sua família o acompanha para a Suécia, a aplicação deles deverá ser feita no mesmo momento que a sua. Você também deverá checar se as informações constantes no contrato de trabalho correspondem ao que foi acordado entre o seu empregador e você.

Você deverá também
Preencher o formulário on-line. Observar que o solicitante precisa estar fora da Suécia durante o período de avaliação.

4. Inserir documentos
Escanear e anexar os documentos necessários. É importante que todos os documentos estejam anexados e corretos na hora da solicitação on-line.

5. Pagar a taxa
O pagamento on-line deve ser feito com cartão de crédito internacional (na margem esquerda há uma lista com os valores das taxas).

6. A Agência de Migração processa seu pedido
Para que a Agência possa tomar uma decisão sobre o seu pedido, todos os detalhes precisam ser fornecidos e todos os documentos necessários apresentados. Isso significa que o tempo de espera será menor se a informação já for toda inclusa no momento da aplicação. Informações e/ou documentos inseridos no processo depois podem acarretar em atrasos na análise. Observe que a Agência pode precisar, em alguns casos, examinar outros dados de sua aplicação mesmo que todos os documentos tenham sido incluídos durante o registro inicial. 

7. Decisão
A decisão deve ser aguardada no Brasil e a não observância desta recomendação pode sujeitar atraso no processo e cancelamento do mesmo.

A Agência de Migração na Suécia é a autoridade responsável pela decisão de qualquer tipo de permissão de residência (visto), não tendo a Embaixada da Suécia informações detalhadas sobre a demora dos processos e nenhum meio para adiantar a decisão da Agência de Migração.

O(a) solicitatande pode, com seu número do processo, acompanhar a decisão pelo site da Agência de Migração. Caso o solicitante nomeie um procurador, esse poderá ser contatado pela Agência de Migração sueca para informá-lo sobre a decisão. O tempo de espera pode ser verificado no site da Agência de Migração. A Embaixada da Suécia aconselha a todos que não comprem suas passagens antes de possuir a permissão de residência concedida.

RNE - Cédula de Registro Nacional de Estrangeiro
Desde 19 de julho de 2012, cidadãos brasileiros devem fazer a coleta biométrica (fotografia, impressões digitais e assinatura) num dos escritórios da Agência de Migração (Migrationsverket) na Suécia para produção do RNE sueco. Isso é para evitar que o cartão de permissão de residência seja enviado para o Brasil, enquanto que o(a)solicitante já está na Suécia.

A Embaixada recomenda que a pessoa que já obteve a permissão de residência concedida, entre em contato com a Embaixada ou Consulado para obter um atestado, em Inglês, que declara a concessão da permissão e facilita a entrada na Europa (Schengen). Isso ocorre porque o controle de entrada ocorrerá no país Schengen, onde o viajante faz uma parada em seu caminho para a Suécia. Não há custos adicionais para o atestado. No entanto, é necessária a identificação do viajante no momento da retirada do atestado, tanto na Embaixada em Brasília quanto em qualquer consulado sueco (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Salvador ou Manaus). Note-se que toda permissão de residência deve ser concedida antes da entrada do requerente/viajante no país.

Solicitação pelo correio
Além de solicitação online existe a possibilidade de enviar a solicitação pelo correio. Este procedimento, porém, demora um pouco mais devido o tempo de transporte das correspondências. Assim, funciona o processo:

1. Documentos necessários e taxas consulares
A aplicação completa terá que ser enviada pelo correio ou entregue no Consulado ou na Embaixada da Suécia em Brasília. A Suécia tem consulados em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Salvador e Manaus. A vantagem de efetuar a aplicação pelo correio é que o Consulado ou a Embaixada podem checar se todos os documentos necessários constam na sua aplicação.


Verifique os valores na Tabela de taxas. O comprovante de pagamento deverá ser anexado à aplicação. Caso a aplicação tenha sido entregue em um consulado mais próximo de você, o pagamento pode ser feito à vista diretamente para o Consulado. O pagamento da aplicação que foi entregue ou enviada para a Embaixada em Brasília somente pode ser feita por transferência ou depósito bancário para a Embaixada.

Embaixada da Suécia
Banco Itaú 341
Agência: 7011
C/C: 31174-8
CNPJ: 03.739.186/0001-93

2. Decisão
A decisão deve ser aguardada no Brasil e a não observância desta recomendação pode sujeitar atraso no processo e cancelamento do mesmo.

A Agência de Migração na Suécia é a autoridade responsável pela decisão de qualquer tipo de permissão de residência (visto), não tendo a Embaixada da Suécia informações detalhadas sobre a demora dos processos e nenhum meio para adiantar a decisão da Agência de Migração.

O(a) solicitatande pode, com seu número do processo, acompanhar a decisão pelo site da Agência de Migração. Caso o solicitante nomeie um procurador, esse poderá ser contatado pela Agência de Migração sueca para informá-lo sobre a decisão. O tempo de espera pode ser verificado no site da Agência de Migração. A Embaixada da Suécia aconselha a todos que não comprem suas passagens antes de possuir a permissão de residência concedida.

3. RNE - Cédula de Registro Nacional de Estrangeiro
Desde 19 de julho de 2012, cidadãos brasileiros devem fazer a coleta biométrica (fotografia, impressões digitais e assinatura) num dos escritórios da Agência de Migração (Migrationsverket) na Suécia para produção do RNE sueco. Isso é para evitar que o cartão de permissão de residência seja enviado para o Brasil, enquanto que o(a)solicitante já está na Suécia.

A Embaixada recomenda que a pessoa que já obteve a permissão de residência concedida, entre em contato com a Embaixada ou Consulado para obter um atestado, em Inglês, que declara a concessão da permissão e facilita a entrada na Europa (Schengen). Isso ocorre porque o controle de entrada ocorrerá no país Schengen, onde o viajante faz uma parada em seu caminho para a Suécia. Não há custos adicionais para o atestado. No entanto, é necessária a identificação do viajante no momento da retirada do atestado, tanto na Embaixada em Brasília quanto em qualquer consulado sueco (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Salvador ou Manaus). Note-se que toda permissão de residência deve ser concedida antes da entrada do requerente/viajante no país.

Para maiores informações, acesse a página da Agência de Migração.